· 

O percurso do personagem

Foi uma semana dedicada aos personagens... recordo como tudo começou com a Iane. Foi numa altura que ela ainda não tinha nome, nem lugar que surgiu a na folha de papel. E seguindo os seus traços e inspiração  ela deu origem aos outros. 
No final comecei a desenvolver e aprimorar os mais recentes e a Iane ficou naquelas iniciais folhas de papel, esquecida. Passou-se semanas e regressei à Iane, Quando a revi depois daqueles dias todos percebi....alguma coisa ficou off.
Juntei as várias folhas e coloquei os diversos personagens lago a lado e questionei-me se estes personagens viviam no mesmo mundo. Achei que não!

Decidi então fazer umas modificações.

Um estica ali e depois um puxa acolá e voilá! Na imagem que se segue está o resultado final.

Técnica para manter a consistência

Nem sempre é fácil manter a consistência da imagem visual do personagem, mas existe algumas regras que ajudam . 
realizar a imagem frente, lado e a três quartos ajuda a definira forma do personagem e a resolver questões que a sua forma possa ter. 
Usar esse desenho como template para criar todos os outros desenhos com o personagem. 

As cores do personagem também devem estar neste a receita de cor de algumas misturas de tons caso seja necessário
EU normalmente coloco as cores que vestem os personagens no computador. Experimento várias esquemas de cor na imagem. Assim consigo mais rapidamente escolher um.

Movimento e expressão emocional, Exercitar ajuda sempre.
Por muitas que faça quando existe uma história existe aquela posição ou expressão que ainda não fiz e essa mesmo que é necessária para a história.

Depois de determinar as formas e os elementos que o personagem tem é necessário perceber os vários. movimentos que o personagem executa. Não coloco todos a fazer os mesmos movimentos, Uso o estudo do movimento para perceber melhor quem é o personagem. E com o movimento vou dando expressão emocional á face.
Fazer desta maneira ajuda-me a perceber o lado psicológico do personagem.. E mais tarde vão influenciar as minhas decisões na construção da história. 

Só depois de exercitar estas fases sinto-me mais à-vontade para o colocar em quadradinhos. UFF!
Por vezes o tempo diminui e saltava uma destas paragens neste percurso. Acabava sempre com alguma coisa correr menos bem.

Quem anda por estes caminhos e ainda com o mapa na mão, Aceite esta minha sugestão.
Depois de um fim de semana atribulado , relaxante e cansativo e nesta vez a uma  segunda um até sábado.